É muito difícil ir embora – até você ir embora de fato. E então, ir embora se torna simplesmente a coisa mais fácil do mundo.

Cidade de Papel (via delenawl)

Porque metade de mim é o que eu grito, mas a outra metade é silêncio. Porque metade de mim é partida, mas a outra metade é saudade. Porque metade de mim é o que ouço, mas a outra metade é o que calo. Porque metade de mim é o que eu penso, mas a outra metade é um vulcão. Que o medo da solidão se afaste, e que o convívio comigo mesmo se torne ao menos suportável. Porque metade de mim é a lembrança do que fui, a outra metade eu não sei. Porque metade de mim é abrigo, mas a outra metade é cansaço. Porque metade de mim é amor e a outra metade também.

Oswaldo Montenegro  (via florindo-me)

A senhora me desculpe, mas no momento não tenho muita certeza. Quer dizer, eu sei quem eu era quando acordei hoje de manhã, mas já mudei uma porção de vezes desde que isso aconteceu. (…) Receio que não possa me explicar Dona Lagarta, porque é justamente aí que está o problema: Posso explicar uma porção de coisas… Mas não posso explicar a mim mesma.

Alice No País das Maravilhas.    (via julgando)

Eu gosto do labirinto dos seus braços. No pior dos casos: eu me perco em você.

Eu me chamo Antônio.  (via encanteios)

Quero casar contigo
Pra ver teu riso todo dia
Multiplicado por três
Correndo pela casa.

Heloísa R.  (via romancitada)

Eu prometi que nunca iria te deixar, e você deve sempre saber: onde quer que você vá, não importa onde você esteja, nunca vai ser muito longe.

Robert Pattinson. (via n-o-v-o-h-e-r-o-i)

Ainda que a resposta demore, uma hora ela chega. Deus está ouvindo o seu clamor e na hora certa, Ele vai agir.

@ acumulou